Notícias e Atividades

Aviação Agrícola faz Congresso Nacional

 

O Sindicato Nacional das Empresas de Aviação Agrícola tem a missão de representar, assistir e defender os interesses das empresas associadas e dos integrantes da categoria.

O SINDAG foi criado em assembléia realizada no dia 19 de julho de 1991, em São Paulo. Os estatutos da entidade tiveram seu registro completado em 12 de março de 1992, quando, então, iniciaram-se oficialmente as atividades do sindicato.

O SINDAG foi criado pela necessidade que sentiam as empresas de aviação agrícola em ter um sindicato forte, que as representasse legalmente para todos os efeitos, junto aos orgãos oficiais da iniciativa privada e perante a opinião pública. Antes do SINDAG existia a FENAG - Federação Nacional de Aviação Agrícola. Esta entidade prestou grandes serviços ao setor, mas não reunia diretamente as empresas e sim associações regionais de empresas - em número de cinco - e, por não ter características de representação sindical, não podia representar juridicamente os associados. Daí a necessidade de criação do SINDAG, este sim, investido do poder pleno de representação da classe.

No dia 23 de junho de 2010, se iniciou o Congresso Sindag 2010. O maior evento da aviação agrícola nacional ocorreu na cidade de Ribeirão Preto, São Paulo. Anualmente, o evento promovido pelo Sindicato Nacional da Empresas de Aviação Agrícola reúne grande número de empresas e profissionais ligados ao setor aeroagrícola.  

O encontro é itinerante, cada edição é realizada em uma região do país. De acordo com o presidente do Sindag, Júlio Kämpf, a escolha de Ribeirão Preto deve-se ao poder econômico do município em constante desenvolvimento, bem como a infraestrutura hoteleira e de serviços. 

Passada a crise econômica, o Brasil teve um reaquecimento da agricultura. Fator que propiciou um crescimento anual das aplicações aéreas e um incremento em torno de 5% no número de aeronaves. “Os aviões são imprescindíveis para a ampliação do agronegócio, e as aplicações aéreas destacam-se como meio mais eficaz para a pulverização das lavouras”, ressaltou o dirigente.

O Congresso Sindag, segundo Kämpf, é um momento único de aquisição de conhecimentos e troca de experiências, questões fundamentais para o crescimento da atividade.

O Prof. Marins realizou um debate com os participantes dentro de um dos cursos do Congresso, falando sobre o futuro do mercado brasileiro e suas oportunidades para a aviação agrícola.

Enviar para DiggEnviar para FacebookEnviar para Google PlusEnviar para TwitterEnviar para LinkedIn

Informações Adicionais