Artigos do Prof. Marins e textos dos programas de TV

A ilusão de ser pago pelo que sabe e não pelo que faz

a-ilusao-de-ser-pago

 

Orestes acha-se merecedor de promoções e aumentos por causa dos diplomas, certificados, cursos e experiência acumulada que diz possuir. O problema é que Orestes não cumpre suas metas; não aparece com nenhuma idéia nova; não participa dos programas de qualidade; não ajuda os colegas e não gosta de atender clientes. 

  

Há pessoas que têm a expectativa de receber pelo que sabem e não pelo que fazem. Esta é uma grande ilusão. Quando um diploma, certificado, curso ou experiência estão numa pessoa que produz mais e melhor, aí sim, o aumento ou a promoção poderão ocorrer. Não basta saber. No mundo competitivo em que vivemos, com muitos concorrentes, qualidade semelhante e preços similares, é preciso mostrar resultados e não só conhecimento teórico. Não basta saber. É preciso fazer!

 

Como professor, é claro que dou enorme valor ao conhecimento. Mas é preciso não ter a ilusão de querer ser pago pelo que você sabe e não pelos resultados que você produz. Quantos “gênios” você conhece que não conseguem sustentar uma família ou mesmo a si próprios?

 

São pessoas amargas, críticas, chamam a todos de ignorantes, mas não saem do buraco, muitas vezes cavado com a arrogância de seu enorme saber. Ganhar pelo que se sabe não é realidade nem nas universidades ou centros de pesquisa. Se você não publicar artigos científicos, livros, formar pessoas, desenvolver alguma pesquisa de valor, não será reconhecido. Até onde o conhecimento é a matéria-prima, se espera que você produza alguma coisa.

 

Sei que muitos leitores criticarão este texto. Mas a verdade, nua e crua, é que conhecimento sem ação, sem resultados, não tem valor para a sociedade. Orestes não sabe disso e, se sabe, não quer enxergar.

 

Você conhece o Orestes? 

 

  • Você acredita que alguém pagará mais a você pela sua experiência acumulada e anos de trabalho, sem se preocupar mais em produzir, participar, dar resultados? Cuidado!
  • Você tem o costume de chamar outras pessoas de ignorantes? Cuidado!
  • Você se irrita ao ver pessoas que não têm a sua formação escolar ganhando mais do que você? Cuidado!
  • Você sabe e faz ou só sabe? Se você só sabe e não faz, cuidado!

 

Pense nisso. Sucesso!

Enviar para DiggEnviar para FacebookEnviar para Google PlusEnviar para TwitterEnviar para LinkedIn

Informações Adicionais