Artigos do Prof. Marins e textos dos programas de TV

A empresa criança

relacionamento-com-a-empresa

 

No mundo competitivo e global em que vivemos, as crianças têm muito a ensinar a uma empresa. Talvez, a grande solução esteja em tomar crianças bem educadas como modelo para o sucesso empresarial. E, como criança é criança em qualquer lugar do mundo, talvez até nisso tenhamos um bom motivo para pensar numa empresa criança. Mas, qual criança queremos como modelo para nossa empresa? 

 

O cliente quer sentir prazer em relacionar-se com nossa empresa. Assim, ela deve ser agradável, leve, descomplicada, direta, franca e leal. Nada dá mais prazer a um ser humano normal do que relacionar-se com uma criança bem educada. E toda criança é direta, descomplicada, fala o que sente: quando ama demonstra amor, quando deseja algo diz claramente o que quer. 

 

 

O cliente quer uma empresa socialmente responsável, solidária, com o ambiente e com a comunidade. O cliente quer uma empresa que pense globalmente, sem preconceitos e que trate todos com respeito, aceitando a diversidade. Mas também, quer uma empresa que saiba agir localmente e entenda as peculiaridades de cada cliente.  O cliente quer uma empresa criativa, que ofereça soluções inéditas a velhos problemas. O cliente quer uma empresa honesta e que cumpra o que prometer.

 

Se tomarmos como exemplo uma criança bem educada, veremos nela todas essas características que nossos clientes buscam em nossa empresa. Mas, ela precisa ser “bem educada”. Nada é mais irritante do que conviver com uma criança mal educada. Da mesma forma é a empresa. Ela deve ser educada, formada, ter valores elevados de respeito e dignidade. Deve ser criativa e alegre. Descomplicada e eficaz. Deve surpreender e encantar como crianças educadas.

 

Pense nisso. Sucesso! 

Enviar para DiggEnviar para FacebookEnviar para Google PlusEnviar para TwitterEnviar para LinkedIn

Informações Adicionais