Artigos do Prof. Marins e textos dos programas de TV

Disciplina, previsibilidade e sucesso


 Este final de setembro e início de outubro nos trouxeram momentos de grande aprendizagem. No final de setembro estive no Japão e logo no início de outubro nos Estados Unidos para diferentes compromissos empresariais. O que mais me chamou a atenção nas empresas que visitei no Japão:  a Kirin Beer, a Toyota, a Isuzu, e a Toshiba e nas empresas americanas para as quais demos consultoria neste início de outubro é que todas elas estão empenhadas em fazer um grande trabalho com seus funcionários levando-os a uma maior disciplina não só em termos de utilização do tempo, como de objetivos e metas mais previsíveis e que possam dar aos próprios funcionários uma maior tranqüilidade em termos do que vêm chamando da importância da previsibilidade.

 Esta época de grandes mudanças -  downsizing, reengenharia, rightsizing, etc. - está deixando as pessoas absolutamente inseguras e com insegurança não há como dedicarem o empenho, a criatividade e o comprometimento que lhes são exigidos. Assim há uma profunda contradição nos dias atuais e que precisa ser resolvida através de um trabalho de disciplinamento mental e de maior previsibilidade nas ações das empresas.

 Sei que essa necessária previsibilidade nem sempre é fácil num mundo em constantes mutações e com a concorrência cada vez mais acirrada.

 O que vi as empresas mais desenvolvidas tentando fazer é envolver o mais possível todos os níveis da hierarquia no processo de planejamento e de tomada de decisões.  Embora a mudança seja um fato inquestionável, quando as pessoas participam e são envolvidas no planejamento e nas decisões, elas têm melhores condições de assumir posições de maneira mais segura e mesmo disciplinada. Sei, também, que essa tarefa de envolver as pessoas é mais fácil  ser dita do que feita. Mas é a única alternativa que as empresas vêm encontrando para minorar o problema da falta de previsibilidade e conseguir o maior comprometimento  de todos no sucesso da empresa. "As pessoas não podem viver assustadas o tempo todo com mudanças não-explicadas e que vêm de cima para baixo"  argumentou um executivo americano preocupado em dar maior previsibilidade a seu time de colaboradores.

 Nesta semana, gostaria de sugerir que você pensasse sobre isso. Como está o envolvimento do seu pessoal nos processos de planejamento e tomada de decisões? O que, de fato, você e sua empresa podem fazer para aumentar a previsibilidade dando maior segurança a seu pessoal e conseguindo daí um maior comprometimento de todos com o sucesso empresarial?

 Boa Semana. Sucesso!

 

Enviar para DiggEnviar para FacebookEnviar para Google PlusEnviar para TwitterEnviar para LinkedIn

Informações Adicionais